Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

Feels Like the 90s

 

Michael Clayton era para mim o nomeado surpresa para melhor filme e melhor realizador desta edição dos Oscares. Principalmente depois de deixar para trás um muito forte Sweeney Todd.

Agora já sei a razão. É que Michael Clayton é um grande filme.

Um thriller que aborda a tentativa de uma grande empresa de químicos de abafar um escândalo nacional devido a um processo de indemnizações movido por um grupo de agricultores.

Ao ver este filme tive a sensação de estar a ver um dos grandes filmes dos anos 90 sobre teorias da conspiração, grandes empresas com segredos obscuros e advogados dispostos a pôr o dedo na ferida. E foi uma sensação reconfortante.

Obviamente que para tudo isto resultar, o nível de interpretação tem de ser elevado. E isso verifica-se. George Clooney confirma-se como um actor muito consistente e que tem vindo a solidificar a sua carreira ao longo dos anos, Tom Wilkinson dá uma demonstração de grande classe e Tilda Swinton está fantástica. São eles a razão da qualidade do filme, e merecem os três as nomeações que tiveram.

tags: ,

publicado por André às 20:48
link do post | comentar | favorito

Quem manda aqui

Fresquinho fresquinho

Relações

Para ver em Abril

Preferências

Boas Festas

Música em 2009

2009 no Last.fm

Uma luz

Lista de prendas

The Past is a Grotesque A...

Novos vícios - 6

Sweet Dee has a difficult...

Boas notícias via Twitter

Cartões

Rádio

The Past is a Grotesque A...

Velharias

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Pesquisar

 

Links

O que vi...

tokyo monogatari

O que ouvi...

Feeds