Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

Feels Like the 90s

 

Michael Clayton era para mim o nomeado surpresa para melhor filme e melhor realizador desta edição dos Oscares. Principalmente depois de deixar para trás um muito forte Sweeney Todd.

Agora já sei a razão. É que Michael Clayton é um grande filme.

Um thriller que aborda a tentativa de uma grande empresa de químicos de abafar um escândalo nacional devido a um processo de indemnizações movido por um grupo de agricultores.

Ao ver este filme tive a sensação de estar a ver um dos grandes filmes dos anos 90 sobre teorias da conspiração, grandes empresas com segredos obscuros e advogados dispostos a pôr o dedo na ferida. E foi uma sensação reconfortante.

Obviamente que para tudo isto resultar, o nível de interpretação tem de ser elevado. E isso verifica-se. George Clooney confirma-se como um actor muito consistente e que tem vindo a solidificar a sua carreira ao longo dos anos, Tom Wilkinson dá uma demonstração de grande classe e Tilda Swinton está fantástica. São eles a razão da qualidade do filme, e merecem os três as nomeações que tiveram.

tags: ,

publicado por André às 20:48
link do post | comentar | favorito

Quem manda aqui


ver perfil

. 9 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Fresquinho fresquinho

Relações

Para ver em Abril

Preferências

Boas Festas

Música em 2009

2009 no Last.fm

Uma luz

Lista de prendas

The Past is a Grotesque A...

Novos vícios - 6

Sweet Dee has a difficult...

Boas notícias via Twitter

Cartões

Rádio

The Past is a Grotesque A...

Pesquisar

 

Links

O que vi...

tokyo monogatari

O que ouvi...

Feeds