Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2008

Simplicidade cativante

 

Lars and the Real Girl foi a melhor comédia romântica que vi do ano passado. A história de Lars Lindstrom, um jovem com problemas psicológicos que inicia uma relação com Bianca, uma boneca comprada na Internet. A conselho da psicóloga, a sua família e a pequena comunidade católica onde vivem alinham naquela estranha situação e tratam Bianca como se fosse uma pessoa normal.

O filme tem como grandes trunfos o facto de não alinhar em pretensiosismos e a sua simplicidade que nos deixa desenvolver grande simpatia por Lars e toda a situação. E o final deixa-nos com um grande sorriso.

Ryan Gosling prova mais uma vez que é um dos melhores actores da sua geração e que tem sabido gerir a sua carreira com brilhantismo, mas quem me chamou à atenção foi Kelli Garner. A sua presença no ecrã é cativante. Espero ouvir falar mais dela em breve.

tags: ,

publicado por André às 02:30
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De João Miranda a 20 de Fevereiro de 2008 às 14:56
Ainda não sabia de que se tratava este filme mas fiquei curioso. Ryan Gosling é sem dúvida um dos melhores da sua geração. A interpretação em Half Nelson teve tanto de surpreendente como de brilhante.
Abraço.


Comentar post

Quem manda aqui

Fresquinho fresquinho

Relações

Para ver em Abril

Preferências

Boas Festas

Música em 2009

2009 no Last.fm

Uma luz

Lista de prendas

The Past is a Grotesque A...

Novos vícios - 6

Sweet Dee has a difficult...

Boas notícias via Twitter

Cartões

Rádio

The Past is a Grotesque A...

Velharias

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Pesquisar

 

Links

O que vi...

tokyo monogatari

O que ouvi...

Feeds