Terça-feira, 20 de Maio de 2008

É oficial

 

Gregory House é a personagem mais estimulante da televisão, e a season finale da quarta temporada da série, cujo segundo de dois episódios foi ontem para o ar nos Estados Unidos, é uma das melhores a que já assisti.

Com um começo alucinante, o final da temporada mostra-nos uma situação inesperada que põe em causa a relação de House com Wilson e que o obriga a ficar mais vulnerável e a demonstrar os sentimentos que normalmente esconde.

Tal como na temporada anterior, muita coisa fica em aberto para a seguinte, o que obriga a não desviarmos a atenção do médico mais cool de sempre.

tags:

publicado por André às 22:02
link do post | comentar | favorito

Quem manda aqui


ver perfil

. 9 seguidores

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Fresquinho fresquinho

Relações

Para ver em Abril

Preferências

Boas Festas

Música em 2009

2009 no Last.fm

Uma luz

Lista de prendas

The Past is a Grotesque A...

Novos vícios - 6

Sweet Dee has a difficult...

Boas notícias via Twitter

Cartões

Rádio

The Past is a Grotesque A...

Pesquisar

 

Links

O que vi...

tokyo monogatari

O que ouvi...

Feeds