Domingo, 25 de Novembro de 2007

It's my best friend. Always happy.



Para mim, um filme que tenha uma criança parte logo em vantagem. E então um filme que tenha uma criança que tenta conquistar o coração de um adulto, que à partida é um ‘durão’ e não tem sentimentos por ninguém, tem ainda mais vantagem. Léon com Jean Reno (como Léon) e Natalie Portman (como Mathilda) tornou-se num dos melhores filmes de acção que já vi.

Léon é um ‘professional cleaner’ que depois dos seus trabalhos, tem uma vida perfeitamente normal: cuida da sua planta, que o acompanha sempre durante o filme, e que ele diz ser igual a ele, não faz perguntas a ninguém; treina diariamente, e dorme sempre com um olho aberto e numa cadeira na sua sala.

Quanto a Mathilda, é uma menina de 12 anos, que é completamente ignorada pelos pais, tanto que começa a fumar, e sai da escola sem que estes o descubram e impeçam. O pai que tinha negócios relacionados com a droga, acaba por ser morto tal como toda a sua família. A menina chega a casa e vê toda aquela cena, dirige-se para casa de Léon. É aqui que começa a transformação de ambos.

Mathilda diz que quer vingar o seu irmão, e então pede a Léon que a ensine a ser como ele. Em troca disto, a menina limparia toda a casa e faria as compras. Mas acabam por ter uma relação mais intensa, Mathilda ensina Léon a ler, a brincar e a amar. E Léon ensina-a ainda a ser criança, a ser amada, e a ser feliz.

Depois de algum tempo, e de muito treino, Mathilda chega mesmo a estar com o assassino do seu irmão, Stansfield (Gary Oldman), por iniciativa própria, mas como seria de esperar não consegue acabar o trabalho, e acaba por ser salva por Léon.

E com este filme de 1994 aprende-se a ser criança, e a ser adulto. Porque apesar de matar pessoas, Léon, é mesmo a melhor influência na vida de Mathilda, e vice-versa.

9/10



música: Venus As A Boy – Björk
tags: ,

publicado por Ângela às 13:46
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Static a 25 de Novembro de 2007 às 17:25
Sim senhor, é um grande filme, um 8.5/10, a parte sonora podia ser melhor de resto, brutal, ja o vi umas 5 vezes e nunca fico farto :D


De Veronica a 4 de Dezembro de 2007 às 20:45
É um filme do Luc Besson, realizador extraordinário....o film podia ser bom mas, nunca mau


De dark a 4 de Dezembro de 2007 às 21:36
parexe ser um bom filme

boa sorte para o blog prima

beijinho


De Ângela a 8 de Dezembro de 2007 às 15:44
9€ na FNAC :)


Comentar post

Quem manda aqui

Fresquinho fresquinho

Relações

Para ver em Abril

Preferências

Boas Festas

Música em 2009

2009 no Last.fm

Uma luz

Lista de prendas

The Past is a Grotesque A...

Novos vícios - 6

Sweet Dee has a difficult...

Boas notícias via Twitter

Cartões

Rádio

The Past is a Grotesque A...

Velharias

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Pesquisar

 

Links

O que vi...

tokyo monogatari

O que ouvi...

Feeds